Rezar a Quaresma | II Domingo

Este é o tempo propício para alargar os limites do coração e experimentar a gratuidade da oferta. Por vezes, para sermos fiéis ao plano de amor de Deus sobre nós, é necessário travar uma batalha interior contra a nossa natureza. Esses momentos convidam-nos a confiar totalmente no Deus que antes de nos pedir algo, já Se nos deu todo.
É na medida em que oferecemos a Deus o sacrifício da nossa vontade, no altar do nosso coração, que Ele nos permite vislumbrar o seu coração de Pai, inclinado sobre o nosso, a sussurrar ao nosso ouvido interior a verdade da sua Palavra. Uma Palavra que tem um nome e um rosto: Jesus Cristo, o Filho que aceitou entregar-se nas mãos humanas, para que o ser humano pudesse habitar no ser de Deus.
Tal como em Fátima, deixemo-nos iluminar pela força da Palavra, que nos torna filhos muito amados, «fazendo-nos ver a nós mesmos» transfigurados no amor único do Pai (cf. MIL, 174).

#quaresma #ASM

Mais
artigos