Palavra versus Silêncio

Hoje, dia mundial da poesia, reavivamos a nossa rubrica Palavra versus Silêncio.
A poesia transporta-nos para dentro da alma e é um convite a sairmos do olhar apenas exterior.

A poesia de hoje com o título: “Um convite” escrito pela aliada Maria Luísa Mendes, faz-nos adentrar no chamamento. Não um chamamento qualquer, mas aquele que vem da parte de Deus. É um convite, muito específico, tecido sob o olhar da Mensagem de Fátima, com pequenos detalhes da vida e vocação do Francisco, da Jacinta e da Lúcia.  Nesta história de respostas, entrelaçam-se outras vidas, ou melhor, os sims de quem por amor, escolheu responder a este chamamento! Um pequeno detalhe: o rosário é o fio condutor que ajuda a suster o convite!

Na voz de Rui Pereira a quem muito agradecemos!

Um convite
Um desejo

Sim. Um convite.
Faça-se.
Nas contas que se rezam e reparam
Que levam mais longe e mais alto.
Contas que aproximam
Coração, terna Mãe.

Desejo
De lume no peito
Sopro fresco
Alegria nova
Rosto iluminado.

Dias e noites
Horas ao rubro

Dúvidas
Incertezas
Medos
Tentações
Lágrimas

Saudades
Muitas saudades.

Cabos que sustentam:
Nunca te deixarei,
Crê
Somente.

Disse-lhe que sim!
Foi a resposta

Hoje,
Consciente
Livremente

Sou tão feliz que tu,
Pequeno menino.
Também tenho no meu peito,
Aquele que por amor
Escondido
Permanece.

Mais
artigos