Rezar a Quaresma | Domingo de Ramos

O Domingo de Ramos aproxima-nos do fim da Quaresma, mas que, na verdade, é um princípio. Percorrido o tempo privilegiado da conversão, percebemos que a nossa vida é um constante salto entre vozes contrárias que nos habitam e que nem sempre somos capazes de distinguir.

Estamos no princípio da Semana Santa. É tempo de deixar de ter voz de multidão que num dia aclama e noutro condena. É a hora de ter voz própria. Ser como o centurião, que contra toda a lógica anterior da sua vida, escolheu deixar-se tocar pela voz forte do suspiro final de Jesus. Fazendo memória do Corpo de Jesus entregue por nós, podemos gravar em nós uma das mais belas confissões de fé do Evangelho: “Este era realmente filho de Deus”. O centurião permitiu que a cruz lhe descodificasse as vozes que o habitavam. De coração purificado pelo sangue que foi derramado diante dos seus olhos, deixou ecoar para sempre o silêncio do Crucificado na sua vida transformada.

Ao entrar nesta semana maior, aprendamos a calar todas as vozes para olhar Aquele que, por amor, se tornou frágil. Levantemos a nossa própria voz, tantas vezes frágil, unindo-a ao grito forte dos pastorinhos a 13 de Maio de 1917 – “Sim queremos”; Sim, desejamos, também nós, celebrar esta Páscoa, e prepará-la como o dia grande do princípio da história da Salvação.

#quaresma #ASM #domingoramos

Mais
artigos